O objectivo das diretrizes (ou guidelines) é apresentar todas as evidências relevantes sobre um tema clínico em particular, a fim de ajudar os médicos a avaliar os benefícios e os riscos de um procedimento diagnóstico ou terapêutico. Elas podem ser úteis na tomada de decisão clínica diária.

Introdução

A PCR permanece como um problema mundial de saúde pública. Apesar de avanços nos últimos anos relacionados à prevenção e tratamento, muitas são as vidas perdidas anualmente, relacionadas à PCR, ainda que não tenhamos a exata dimensão do problema pela falta de estatísticas robustas a este respeito.

Estima-se que a maioria das PCRs em ambiente extra-hospitalar sejam em decorrência de ritmos como fibrilação ventricular e taquicardia ventricular sem pulso, enquanto que, em ambiente hospitalar, a atividade elétrica sem pulso e a assistolia respondam pela maioria dos casos. Esta diferença deve-se provavelmente a um perfil diverso do paciente internado, em que a PCR é um evento que reflete uma deterioração clínica progressiva, diferentemente do que acontece fora do hospital, em que a maioria das PCRs é súbita e devida, em grande parte, a arritmias decorrentes de quadros isquêmicos agudos ou a problemas elétricos primários.

Diretrizes

NOTA: os arquivos estão disponíveis em PDF, você precisará de um leitor de pdf. Podes Baixar Adobe Reader aqui.

As principais diretrizes sobre o tema

Europeias

2010 – Guidelines for Cardiopulmonary Ressuscitation (português | inglês)

OMS

Nenhuma encontrada

Outras diretrizes

Nenhuma encontrada

Uma diretriz importante falta nesta lista? Nos informe qual ou envie-no através do Formulário

Copyright © 2014 - 2018. Portal angomed.comTermo de Uso | Política de Privacidade