Onda Delta: é uma deflexão ascendente e lenta da porção inicial do complexo QRS e geralmente associada a intervalo PR curto. A sua presença faz diagnóstico de Síndrome de Wolf-Parkinson-White (WPW). A onda delta é causada pela presença de uma via de condução acessória que conecta o átrio diretamente ao ventrículo, resultando em pré-excitação ventricular (veja Síndrome de Wolf-Parkinson-White).

Onda de Osborn. Quando o ponto J tem uma amplitude exagerada é chamada onda J ou onda de Osborn, em homenagem ao cientista que descreveu a sua associação com hipotermia.

Onda Epsilon: é representada por uma deflexão no final do complexo QRS. No alfabeto grego o épsilon vem depois do delta. A onda delta ocorre antes do QRS (por pré-excitação ventricular), enquanto o épsilon aparece após o complexo QRS (devido a pós-excitação da pdo ventrículo direito). A onda épsilon é caraterística da displasia arritmogénica do ventrículo direito (DAVD), uma cardiomiopatia hereditária caracterizada por defeito nos desmossomas, substituição do tecido miocárdico do VD por tecido fibro-gorduroso, taquiarritmias e morte súbita. (leia mais sobre displasia arritmogénica do VD).

 

Copyright © 2014 - 2018. Portal angomed.comTermo de Uso | Política de Privacidade