A A A

Péptidos Natriuréticos como meio diagnóstico de Acidente Vascular Cerebral

Um dos aspectos fundamentais na prevenção secundária do acidente vascular cerebral (AVC) é a determinação do seu mecanismo, isquêmico ou hemorrágico. Níveis séricos elevados de peptídeos natriuréticos (BNP e NT-proBNP) foram associados com AVC cardio-embólico. Uma metanálise avaliou o valor clínico desdes como biomarcadores para o diagnóstico do tipo de AVC.

A revisão da literatura incluiu 23 artigos indexados no PubMed até 2013. Um total de 2834 pacientes com causa definida. Níveis de BNP/NT-proBNP estiveram significativamente elevados nos pacientes com AVC cardio-embólico, até 72 horas depois do início dos sintomas. Modelos de predição mostraram uma sensibilidade destes parâmetros >90% e especificidade >80%. A sensibilidade, especificidade e predição foram validados em  197 pacientes, inicialmente com causa indeterminada, e definida a causa após follow-up.

Os autores deste estudo concluíram que os peptídeos natriuréticos estão fortemente aumentados no AVC cardio-embólico. Estudos prospectivos multicêntricos futuros, comparando BNP e NT-proBNP, pode ajudar a encontrar o biomarcador ideal, o melhor momento para análise e os pontos de corte ideais para identificação AVC cardio-embólico.

O artigo foi publicado na revista Stroke, da American Heart Association, em Março de 2015.

Stroke. 2015; 46: 1187-1195 – Leia o Abstract

 

Especialidades: Cardiologia , Neurologia Palavras-chave: , , , , , ,

Copyright © 2014 - 2018. Portal angomed.comTermo de Uso | Política de Privacidade