A A A

ALERTA – Ibuprofeno em Altas Doses pode Aumentar Risco Cardiovascular

O alerta foi dado por um comitê de avaliação de risco de farmacovigilância (PRAC, sigla em inglês) da Agência Européia de Medicamentos (EMA, sigla em inglês). Segundo esta agência, o uso de ibuprofeno em altas doses parece aumentar o risco de eventos cardiovasculares. O ibuprofeno é um anti-inflamatório não esteróide (AINE).

O comitê, que iniciou sua avaliação em 2014, defende que quando tomado em doses de 2400 mg/dia ou mais, eleva um pouco o risco de infarto agudo do miocárdio (IAM) e de acidente vascular encefálico (AVE). Este risco, segundo a agência, é similar ao risco de outros fármacos AINEs, como os inibidores da COX -2 e o diclofenac.

Um ano antes deste relatório, isto é, em 2013, um relatório demostrou que o diclofenac usado frequentemente para dores osteomioarticulares aumenta em 38% e 63%  o risco de eventos cardiovasculares, segundo resultados de diferentes estudos. Um resultado similar foi apresentado pela EMA, em 2012.

Apesar de não proibir o seu uso, o Comitê recomenda que se avalie o risco cardiovascular dos pacientes antes de iniciar tratamentos de longo prazo com ibuprofeno, especialmente se em altas doses

De acordo com o PRAC, o ibuprofeno nas doses de 2400 mg/dia ou mais deve ser evitado em pacientes com comodidades cardiovasculares, como insuficiência cardíaca, cardiopatia, doenças circulatórias e em pacientes com IAM ou AVE prévio.

Lembrar ainda que vários estudos mostraram associação entre AINES e o aumento da  pressão arterial e a piora da função renal.

Adaptado de Medscape.

Leia o artigo original

Especialidades: Cardiologia , Farmacologia Palavras-chave: , ,

Copyright © 2014 - 2021. Portal angomed.comTermo de Uso | Política de Privacidade