A A A

DIABETES MELLITUS EM FOCO: Conceitos essenciais

Factos sobre diabetes: você sabia?

  • Cerca  de 347 milhões de pessoas no mundo têm diabetes;
  • Em 2014, a prevalência mundial de diabetes foi estimada em 9% entre os adultos com idades acima de 18 anos (1).
  • Em 2012, um número estimado de 1,5 milhões de mortes foram causadas diretamente pelo diabetes (2).
  • Mais de 80% das mortes por diabetes ocorrem em países de baixa e média renda (2).
  • OMS estima que o diabetes será a sétima principal causa de morte em 2030 (3).
  • Dieta saudável, atividade física regular, manter um peso corporal normal e evitando o uso do tabaco podem prevenir ou retardar o aparecimento da diabetes tipo 2 (4).
  • O tipo 2 é a forma mais frequente de diabetes.
  • Nas pessoas com diabetes, as doenças cardiovasculares são responsáveis por 50% a 80% das mortes.
  • O diabetes é uma importante causa de cegueira, amputação e insuficiência renal.
  • Diabetes tipo 2 pode ser prevenida.

O que é diabetes mellitus?

Diabetes é uma doença crônica, que ocorre quando o pâncreas não produz insulina suficiente ou quando as células não podem usar eficazmente a insulina produzida pelo pâncreas. Isto leva a um aumento da concentração de glicose no sangue (hiperglicemia). Existem basicamente três (3) tipos de diabetes: diabetes tipo 1, diabetes tipo 2 e diabetes gestacional.

Diabetes do tipo 1: anteriormente conhecida como diabetes insulino-dependente ou com início na infância, é caracterizada por uma falta de produção de insulina. Este tipo de diabetes necessita, em geral, de administração diária de insulina. Os sintomas incluem poliúria (aumento na excreção de urina), polidípsia (sede aumentada), polifagia (aumento da fome), perda de peso, alterações visuais, fadiga, etc. Estes sintomas podem surgir de forma aguda

Diabetes tipo 2: anteriormente chamado de não-insulino-dependente ou diabetes de início no adulto, é causada pela dificuldade das células usarem a insulina. Factores como excesso de peso e inatividade física contribuem para o surgimento deste tipo de diabetes. Os sintomas incluem aqueles mencionados para o diabetes tipo 1, porém geralmente são menos intensos, por isso a doença é, na maioria dos casos, diagnosticada tardiamente, quando já existem complicações.

Até recentemente o diabetes tipo 2 era diagnosticado apenas em adultos, porém, devido ao aumento dos factores de risco – principalmente a obesidade e o sedentarismo – a doença já é diagnosticada em crianças e jovens.

Diabetes gestacional vs Diabetes na Gestação

Diabetes gestacional é o aumento dos níveis de glicose (glicêmia) no sangue  durante a gravidez, em mulheres com glicêmia normal antes da gravidez. Segundo as definições da Organização Mundial da Saúde (OMS), no diabetes mellitus gestacional (DMG) os níveis glicêmicos estão aumentados, porém abaixo dos níveis usados para o diagnóstico de diabetes. Assim, quando uma gestante apresenta hiperglicemia, deve ser classificada em:

  • Diabetes mellitus gestacional
  • Diabetes mellitus na gestação

Veja os critérios de diagnóstico de diabetes e diabetes gestacional aqui

Mulheres com diabetes gestacional têm um risco aumentado de complicações durante a gravidez e no parto. Elas também estão em maior risco de diabetes tipo 2 no futuro.

A diabetes gestacional é diagnosticada através de triagem pré-natal, ao invés de sintomas relatados.

Intolerância à glicose e Glicêmia de jejum alterada

A intolerância à glicose (ITG) e anomalia da glicêmia em jejum (GJA) são condições intermediárias na transição entre a normalidade e o diabetes. As pessoas com ITG ou GJA apresentam maior risco de progressão para o diabetes tipo 2..

Fonte: Organização Mundial da Saúde

Referências

  1. Global status report on noncommunicable diseases 2014. Geneva, World Health Organization, 2012.
  2. World Health Organization. Global Health Estimates: Deaths by Cause, Age, Sex and Country, 2000-2012. Geneva, WHO, 2014.
  3. Mathers CD, Loncar D. Projections of global mortality and burden of disease from 2002 to 2030. PLoS Med, 2006, 3(11):e442.
  4. Global status report on noncommunicable diseases 2010. Geneva, World Health Organization, 2011.
  5. Definition, diagnosis and classification of diabetes mellitus and its complications. Part 1: Diagnosis and classification of diabetes mellitus. Geneva, World Health Organization, 1999 (WHO/NCD/NCS/99.2).
  6. Morrish NJ, Wang SL, Stevens LK, Fuller JH, Keen H. Mortality and causes of death in the WHO Multinational Study of Vascular Disease in Diabetes. Diabetologia2001, 44 Suppl 2:S14–S21.
    Global data on visual impairments 2010. Geneva, World Health Organization, 2012.
  7. Roglic G, Unwin N, Bennett PH, Mathers C, Tuomilehto J, Nag S et al. The burden of mortality attributable to diabetes: realistic estimates for the year 2000.Diabetes Care, 2005, 28(9):2130–2135.
Especialidades: Endocrinologia , Medicina Interna Palavras-chave: , , , , ,

Copyright © 2014 - 2018. Portal angomed.comTermo de Uso | Política de Privacidade