A A A

FDA aprova uso de “antídoto” para Pradaxa (Dabigatrana)

Segundo uma nota de imprensa da Food and Drug Administration (FDA), órgão responsável pelo controlo de medicamentos nos Estados Unidos da América, o Praxbind (idarucizumab) foi aprovado para uso em pacientes que usam anticoagulante Pradaxa (Dabigatrana), quando há uma necessidade urgente para reverter efeitos anticoagulantes deste medicamento.

Praxbind é um medicamento injetável e é o primeiro agente de reversão aprovado especificamente para Pradaxa. Em três ensaios clínicos envolvendo mais de 280 voluntários que não necessitavam de um anticoagulante, aqueles que receberam Praxbind mostrou uma redução imediata no valor de Pradaxa em seu sangue que durou pelo menos 24 horas. O efeito colateral mais comum foi a cefaleia.

Outro estudo incluiu 123 pacientes que estavam tomando Pradaxa e receberam Praxbind devido a hemorragia grave ou necessidade de cirurgia de emergência. Os efeitos anticoagulantes de Pradaxa foram totalmente revertidos em 89% dos doentes no prazo de quatro horas após a administração do Praxbind. Os efeitos colaterais mais comuns foram hipocalemia (nível sérico de potássio baixo), confusão, constipação, febre e pneumonia.

No entanto o FDA recomenda que, tão logo seja possível, o paciente deverá retomar o uso do Pradaxa, uma vez que a acção de reverter os efeitos anticoagulantes de Pradaxa coloca os pacientes em risco de coágulos sanguíneos e, consequentemente, risco de AVC isquêmico.

De lembrar que, dos novos anticoagulantes orais (rivaroxabana, apixabana, dabigatrana e edoxabana), este é a primeira droga aprovada para reversão de efeitos de um destes novos anticoagulantes. Salientar ainda que, até recentemente, um dos problemas que se levantava com respeito aos novos anticoagulantes orais, apesar de seus vários benefícios, era exactamente o facto de não existiam “antídotos” que revertessem os seus efeitos anticoagulantes em caso de necessidade urgente.

Por outro lado, o outro anticoagulante usado para efeitos de comparação, a velha e muito conhecida Varfarina, pode ter seus efeitos diminuídos através da injeção de Vitamina K ou plasma.

Mais informações

Especialidades: Arrimia , Cardiologia , Farmacologia Palavras-chave: , , ,

Copyright © 2014 - 2018. Portal angomed.comTermo de Uso | Política de Privacidade