A A A

Utilização da Ecografia no Diagnóstico de Gravidez Ectópica na África Sub-Saariana ainda é Baixo, diz Estudo

Estudo Publicado em uma revista africana de Emergência revela que ainda é muito baixa a utilização da ecografia (ultrassonografia) para o diagnóstico de gravidez ectópica na Emergência.
A gravidez ectópica (GE) é um diagnóstico comum, frequentemente diagnosticadas no início de sua apresentação e constitui uma das principais causas de mortalidade primeiro trimestre. A ecografia ou ultrassonografia (US) é um dos meios de diagnósticos mais importantes, baseado em evidência científica. Os autores do estudo conduziram uma revisão sistemática sobre a frequência do uso de US no diagnóstico de GE na África Subsaariana.

Os dados foram obtidos através de uma pesquisa bibliográfica no PubMed, EMBASE, Cochrane, Web of Science, e bancos de dados Popline. Os critérios de inclusão foram os estudos originais de pesquisa que relataram a proporção de pacientes que realizaram ecografia como parte do diagnóstico de gravidez ectópica em um país da África Subsariana.

No final foram incluídos 12 estudos, com um total de 6055 pacientes diagnosticados com GE. Deste total, 8,7% receberam um teste de gravidez, 92,3% apresentavam gravidez ectópica rota no momento da apresentação,. 42,9% estavam em estado de choque e 75,8% receberam transfusão de glóbulos vermelhos, 73,7% não tinham conhecimento da gravidez e 24,9% foram atendidos por um profissional de saúde antes da admissão no Serviço de Urgências. Cerca de 1,1% dos pacientes morreram. No geral, em apenas 12,6%  a ecografia foi utilizada para auxiliar no diagnóstico.

Os autores concluem que a utilização global de ecografia no diagnóstico de GE foi considerado baixo. Nesta população, os pacientes apresentaram atraso e gravemente doente, evitando a necessidade de US em muitos casos. No entanto, estudos realizados na África Sub-Sahariana em populações de pacientes com taxas semelhantes de apresentações tardios têm mostrado um aumento substancial no diagnóstico de GE íntegra com o uso rotineiro da ecografia.


 

Artigo Original

Abstract | HTML Full Text | PDF

Autores: Adrian H. Floresc, Sherin Kassamali, Gloria Y. Won, John C. Stein, Teri Reynolds

Fonte: African Journal of Emergency Medicine 
(DOI: http://dx.doi.org/10.1016/j.afjem.2014.08.001)

Especialidades: Emergências Médicas , Ginecologia e Obstetrícia Palavras-chave: , , , , ,

Copyright © 2014 - 2018. Portal angomed.comTermo de Uso | Política de Privacidade